CGE
alerta CGE
prefeitura.sp.gov.br
Busca:
Prefeitura da Cidade de São Paulo


Fontes
Os dados de Esportes são provenientes, em sua maioria, da Secretaria Municipal de Esportes Lazer e Recreação/ SME/SMDU - Deinfo, pesquisas via Internet.
Os Shoppings, as fontes são: Associação Brasileira de Shopping Centers - Abrasce/Sempla - Deinfo, pesquisas via Internet.

Conceitos
CDM - Clubes Desportivos Municipais, atualmente com a denominação de Clubes da Comunidade, pertencem à Rede Municipal Indireta.

São áreas de lazer construídas em terrenos cedidos pela prefeitura e gerenciadas por organizações da sociedade civil.
A maioria dos clubes conta com quadras de futebol e vestiários, mas existem alguns que possuem campos, quadras poliesportivas e até piscina.
A diretoria de cada clube é responsável pela inscrição dos sócios, atividades oferecidas e definição da mensalidade cobrada para a manutenção da área e das atividades.

Os equipamentos descritos a seguir (CEE, CEL, BAL. MBAL), pertencem à Rede Municipal direta, ou seja, pertencem à prefeitura e por ela é administrada.

CEE - Centros Educacionais e Esportivos
CEL - Centros de Esporte e Lazer
Bal - Balneários
MBAL -  Mini Balneários

Parques

Equipamentos públicos urbanos, com cobertura vegetal e dimensões significativas, que cumprem uma variedade de funções na cidade e possibilitam uma diversidade de usos pela população, conforme as características de cada um. Enquanto alguns parques constituem, predominantemente, áreas de lazer e recreação, com equipamentos destinados a esse fim e, por vezes, com a realização de shows e espetáculos para grandes públicos, outros servem especialmente à preservação de vegetação nativa, banco genético e refúgio para a fauna urbana.
Atualmente, a cidade de São Paulo conta com 49 parques, dos quais 40 são municipais e nove, estaduais. Pela sua importância paisagística, arquitetônica e cultural, vários parques municipais são tombados pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), entre eles o Ibirapuera, Luz, Independência e Trianon (Siqueira Campos).


Os parques estaduais estão abaixo-relacionados, a maioria com a indicação da legislação de sua criação:

Alberto Löfgren (Horto Florestal Decreto Estadual 335/1896)
Cantareira (Decreto-lei Estadual 41.626/63 e Lei 10.228/68)
Ecológico do Guarapiranga ( Decreto Estadual 30.442/98)    
Ecológico do Tietê (Decreto Estadual 7.868/76)
Fontes do Ipiranga (Parque do Estado), (Decreto Estadual 52.281/69 e Lei Estadual 10.353/69).
Jaraguá (Decreto Estadual 10.879/39 e Decreto Estadual 38.391/61)
Dr. Fernando Costa (Água Branca), com 79.309m² de área verde.
Serra do Mar
Villa Lobos (A área arborizada é de 140 mil metros quadrados. Outros 160 mil metros quadrados são cobertos por gramados e canteiros ajardinados).

Os parques, cujo tamanho ultrapassa os limites do Município do Município de São Paulo, foram consideradas somente as áreas que estão dentro do Município. É o caso dos parques da Cantareira (área corresponde ao parque inteiro, incluindo Caieiras, Mairiporã e Guarulhos é de 79.160.000,52m²), Jaraguá e Serra do Mar.

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano/SMDU
Departamento de Produção e Análise de Informação/Deinfo
Técnico responsável: Maria Raimundo Marinho
Dezembro/2015

Prefeitura da Cidade de São Paulo